Culto e Liturgia

Esta seção registra todos os cultos e liturgias realizados presencialmente na FTSA. Destina-se à evidência do desenvolvimento da espiritualidade cristã evangélica comunitária. É o espaço da devoção, adoração e edificação da comunidade estudantil.

CULTO E LITURGIA II: EBENÉZER! 26º ANIVERSÁRIO DA FTSA

CULTO E LITURGIA II

EBENÉZER! 26º ANIVERSÁRIO DA FTSA

Ebenézer é mencionado apenas três vezes na Bíblia. Por definição, Ebenézer significa "pedra de ajuda". O pano de fundo de seu significado e sentido começa em 1 Samuel 4, referindo-se a Israel e os filisteus.

Já passaram 26 anos, desde que a FTSA iniciou o ministério de formação de obreiros para a maior obra do mundo. De fato, Deus tem nos ajudado até aqui. É maravilhoso poder agradecer a Deus comunitariamente pelas grandiosas recompensas dadas à FTSA

SAIBA MAIS

Então Samuel pegou uma pedra e a colocou entre Masfa e Sen; deu-lhe o nome de Ebenezer, explicando: "Javé nos socorreu até aqui" (Bíblia Edição Pastoral, 1991).

================================================

PRÓXIMOS CULTOS (1º SEMESTRE):

09 de abril de 2020

26 de maio de 2020

24 de junho de 2020

*Assine a lista de presença

REFERÊNCIAS

MARTIN, Julian Lopes. No Espírito e na verdade: introdução teológica à liturgia. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996, 423 páginas, vol. 2 (85-326-1685-2 brochura).

MARTIN, Julian Lopes. No Espírito e na verdade: introdução antropológica à liturgia. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996, 423 páginas, vol. 1 (85-326-1685-2 brochura).

PROJETO DE EVENTO 006/2020 CE

O trecho abaixo comenta a respeito do sentido e significado de Ebenézer.

1. UM LUGAR DE DERROTA

Israel montou acampamento ao lado de Ebenézer em preparação para a batalha contra os filisteus. Durante este período, Israel foi infectado com a adoração a ídolos, prática de rituais praticados e de ofertas negligenciadas ao Senhor.

Em 1 Samuel 2:24, somos informados assim: “Não, meus filhos, o que me contam não é nada bom, Vocês estão escandalizando o povo de Javé". Enquanto neste estado pecaminoso, os anciãos de Israel sentiam que, se tivessem buscado a Arca da Aliança e a tivessem dentro do acampamento, isso lhes proporcionaria a proteção do Senhor na batalha. Uma grande emoção veio ao acampamento israelita quando a Arca da Aliança chegou. A exclamação foi tão grande "que a terra tremeu" (1 Samuel 4:5).

Os filisteus ficaram intimidados pelos gritos sob a suposição de que Deus estava dentro do acampamento de Israel. Eles se lembraram da história e disseram: "Ai de nós! Quem nos livrará das mãos desse Deus poderoso? Ele feriu o Egito com toda espécie de calamidades e epidemias" (1 Samuel 4:8). No entanto, os filisteus lutaram e Israel sofreu grandes perdas.

Após grande derrota, a Arca da Aliança foi levada pelos filisteus de Ebenézer a Asdod. Além disso, os sacerdotes Hophni e Finéias foram mortos. Ao ouvir a morte deles, Eli, seu pai, caiu para trás quebrando o pescoço e morreu porque sabia que as mortes de seus filhos haviam cumprido a profecia mencionada em 1 Samuel 2:34: “[e] isso será um sinal para ti, que cairá sobre os teus dois filhos, sobre Hofni e Finéias; em um dia eles morrerão os dois."

2. UM LUGAR DE LAMENTAÇÃO

Israel estava equivocado sobre a proteção de Deus. Para o povo, ela estaria presente mesmo que continuasse na adoração aos ídolos. Nesse estado pecaminoso, Israel sentiu que a posse da Arca da Aliança simbolizava a presença divina. Eles foram levados a convocar a Arca com base nos sucessos anteriores, quando ela estava em seu poder. No entanto, essa confiança tola levou à derrota, uma vez que nenhuma confiança foi colocada corretamente em Deus.

Desde a derrota nas mãos dos filisteus, 20 anos se passaram. Em 1 Samuel 7:3, Samuel dirigiu-se a todo o Israel e aconselhou-os: “Se voltardes ao Senhor de todo o coração, então afaste deuses estranhos e Astarote entre vós, e prepare o seu coração para o Senhor e sirva somente ele: e ele te livrará da mão dos filisteus.

Israel respondeu imediatamente e interrompeu a adoração dos deuses falsos Baalim e Ashtaroth. Um tipo de reavivamento ocorreu, e Israel voltou a servir somente ao Senhor (1 Samuel 7:4). Samuel reuniu todo o Israel em Mizpá para orar, que incluía jejum e arrependimento.

Os filisteus receberam a notícia de que os filhos de Israel viajaram para Mizpá e foram para lá contra eles. Os filhos de Israel pediram que Samuel continuasse orando ao Senhor por eles, para que fossem poupados dos filisteus. Samuel ofereceu um cordeiro como holocausto e depois clamou ao Senhor por Israel. O Senhor ouviu suas orações.

3. UM LUGAR DE VITÓRIA

Quando os filisteus se aproximaram de Israel, um “grande trovão” assustou e abalou os filisteus (1 Samuel 7:10). Esse estado de consternação permitiu que Israel prevalecesse.

Samuel comemorou a vitória e colocou uma pedra entre Mizpá e Shen. O texto de 1 Samuel 7:12 nos diz que ele "chamou Ebenézer, dizendo:" Até agora, o Senhor nos ajudou ".

Por causa da fidelidade de Samuel, do arrependimento de Israel e da nova fé no único e verdadeiro Senhor, "a mão do Senhor esteve contra os filisteus todos os dias de Samuel" (1 Samuel 7:13).

PEDRA EBENÉZER

Muitas vezes nos sentimos culpados pela dependência da superstição, formalidade ou adoração de símbolos externos em tempos de estagnação espiritual, turbulência ou descontentamento. Podemos justificar nossas ações sob o pretexto de "é assim que sempre fazemos as coisas".

Mas a pedra de Ebenézer deve significar para nós que confiar em algo ou alguém que não seja Cristo é um precursor do fracasso. Na derrota ou no fracasso, devemos nos arrepender da confiança equivocada e deixar Cristo fora da equação. Se reconhecermos nossa confiança equivocada e o caminho inverso, Ele está lá para perdoar, conceder-nos misericórdia e fornecer sua orientação e proteção.

*Retirado da internet: https://www.christianity.com/wiki/bible/what-does-ebenezer-mean-in-the-bible-what-s-an-ebenezer-stone-used-for.html

*Tradução feita pelo prof. Ênio Caldeira

FAÇA SUA INSCRIÇÃO AQUI!

Para facilitar o processo de organização do culto (evento), pede-se aos interessados, principalmente aos alunos do curso de Graduação em Teologia Presencial, que façam a inscrição prévia.

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

CULTO E LITURGIA I: PERMANECER PARA FRUTIFICAR

CULTO DE LOUVOR E ADORAÇÃO

No Evangelho de João (cap. 15), Jesus é comparado à Videira - uma metáfora para explicar os efeitos produzidos naqueles que depositaram a fé no Filho de Deus.

Este tipo de ensinamento serviu como uma ilustração da comunidade cristã que participa integralmente da vida de Jesus. Cada cristão que permanece nele é chamado a testemunhar dele através dos muitos frutos - uma ênfase no crescimento e expansão do reino de Deus.

Na FTSA, os alunos são orientados para a prática da devoção, do amor ao próximo e do culto a Deus. Neste sentido, uma vez por mês, ocorre a realização de culto e liturgia tematicamente elaborada para o convívio comunitário.

LITURGIA ESLAIDES

================================================

PRÓXIMOS CULTOS (1º SEMESTRE):

16 de março de 2020

09 de abril de 2020

26 de maio de 2020

24 de junho de 2020

*Assine a lista de presença

REFERÊNCIAS

MARTIN, Julian Lopes. No Espírito e na verdade: introdução teológica à liturgia. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996, 423 páginas, vol. 2 (85-326-1685-2 brochura).

MARTIN, Julian Lopes. No Espírito e na verdade: introdução antropológica à liturgia. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996, 423 páginas, vol. 1 (85-326-1685-2 brochura).

PROJETO DE EVENTO 024/2020 CE

Destina-se à programação dos procedimentos de recepção, acolhimento e orientação para os alunos ingressantes ao Curso de Graduação em Teologia Presencial da FTSA, por meio de atividades variadas das aulas e momentos específicos de integração.

Para o ano letivo de 2020, as atividades serão desenvolvidas junto aos departamentos específicos, quais sejam: Secretaria Acadêmica, Coordenadoria de Graduação Presencial, Coordenadoria de Extensão e Assuntos Comunitários, NADI e Tutoria (AVA Moodle).

Os Assuntos Comunitários serão direcionados pela participação do TERCEIRO ATO, Diretório Acadêmico e Missio Voice, e também pela participação no Culto de Boas Vindas.

PROGRAMAÇÃO ESPECÍFICA PARA OS ALUNOS DO 1º ANO = "BOAS VINDAS!"

*De segunda à quarta feira, das 19h15 às 20h40 aulas serão ministradas normalmente para a Turma do 1º Ano". E, das 21h às 22h30, a Turma do 1º Ano participará das seguintes atividades:

17/02/2020 - SEGUNDA-FEIRA

21h = Orientação sobre consulta e pesquisa (Prof. Ênio)

21h30 = Orientação sobre o uso da Biblioteca (Zoraide)

18/02/2020 - TERÇA-FEIRA

21h = Orientação sobre o Manual do Aluno (Prof. Jonathan)

21h40 = Orientação sobre o NADI (Profa. Vanessa)

19/02/2020 - QUARTA-FEIRA

21h = Orientação sobre a Coordenação de Extensão (Prof. Ênio)

21h30 = Orientação sobre os serviços da Secretaria Acadêmica (Najla)

20/02/2020 - QUINTA-FEIRA

19h30 = Culto e Liturgia "Permanecer para Frutificar" (veja programação específica)

21/02/2020 - SEXTA-FEIRA

21h = Orientação sobre o uso do AVA Moodle (Prof. Ênio)

*Aos alunos da Turma do 1º Ano será emitido certificado de participação na "Semana de Orientação e Integração Acadêmica".

LOGÍSTICA

Participação de 60 pessoas, sendo:

2 Colaboradores técnico administrativos

7 Docentes da FTSA

3 Alunos da Graduação Online;

48 Alunos da Graduação Presencial.

ATIVIDADES/AÇÕES REALIZADAS

1. Culto de Abertura com liturgia programada à recepção dos novos alunos e início do semestre letivo;

2. Mensagem pelo prof. Cezar Augusto Flora, testificando a respeito da firmeza e confiança nos propósitos acadêmicos, entendidos também como um ministério que serve ao povo de Deus;

3. Breve histórico sobre a FTSA (logística), ressaltando o início (1994) e o atual (2020): número de professores, livros, discentes, etc.

4. Participação do Aluno indígena Gabriel Kaje da Silva, que compartilhou a necessidade de uma mesa de som e microfones para uma congregação indígena na Reserva;

5. Mostra de alguns banners e cartazes antigos da FTSA, afixados nas paredes e nos corredores, com a finalidade de ilustrar a trajetória da instituição;

6. Disponibilidade da liturgia aos alunos digitalmente, a fim de terem acesso e material para ajudá-los em suas comunidades;

7.Disponibilidade do arquivo litúrgico em formato PPT (aberto) para ajudá-los a preparar e ensinar cânticos às comunidades;

8.Captação do culto (som, imagem) para posterior projeção e disponibilidade aos alunos da Graduação Online.

Apresentação dos 26 novos alunos que estão iniciando este ano de 2020. E mais três outros que já estão no segundo semestre do primeiro ano. Total de 29 estudantes com vontade de conhecer profundamente a teologia e servir o reino de Deus.

Abaixo e ao lado, outras duas fotos do mesmo momento, em cujas perspectivas mostram outros estudantes e docentes. Logo após a apresentação, foi realizada uma oração confirmando o compromisso que estes homens e mulheres fizeram.

REGISTRO DOS CULTOS E LITURGIAS DE 2019

CULTO DE LOUVOR E ADORAÇÃO

CULTO DE LOUVOR E ADORAÇÃO

CULTO DE LOUVOR E ADORAÇÃO

CULTO DE LOUVOR E ADORAÇÃO

Este WebSite usa cookies e analisa sua experiência de navegação.