fbpx
 
 
  • Desde criança, tive que aprender a surfar no olho do furacão e sobreviver era a meta, para não ser engolido pelo crime. Isto sim é coisa de preto. Desta forma, não tão diferente de milhares de famílias brasileiras, a minha também viveu abaixo da linha da pobreza. Pais humildes, pobres e semianalfabetos.

  • Há 131 anos teve oficialmente o fim da escravidão no Brasil, todavia, continuamos sendo desafiados frente ao racismo estrutural que se manifesta nos mais diversos espaços da sociedade, inclusive e infelizmente no âmbito religioso.