fbpx
 
 

Cacau Bia3pClaudemir Diniz (Cacau) e Fabiana Carvalho Diniz (Bia), são casados, missionários com experiência transcultural e estudantes da FTSA. Confira o testemunho emocionante de um casal que atendeu o chamado de Deus na juventude.

______________

Eu e a Fabiana nos conhecemos em 1994 na cidade de Paraguaçu Paulista (SP). Nosso relacionamento já começou com a bênção de Deus e nos princípios cristãos. Ambos éramos ativos no mundo do esporte. Eu jogador de futebol profissional, jogando pelo time principal da cidade, enquanto ela se aventurava pelo basquete e futebol feminino. Juntos participávamos das reuniões dos Atletas de Cristo e, logo nos tornamos líderes de um dos grupos na cidade.

Depois de casados, nossa vida prosseguiu assim, sempre fazendo tudo juntos. Nos mudamos para a Londrina e de lá fomos viver na cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Enquanto jogava como atleta profissional, nós realizávamos um trabalho missionário com mais de 80 jovens e suas famílias no bairro Alto San Pedro. Foi ali, depois de dois anos desenvolvendo a obra de Deus, que decidi deixar o futebol e viver o meu chamado. 

Em 2013, voltamos para a Londrina e passamos a nos dedicar integralmente ao ministério. Juntos, fizemos evangelização na periferia, em ônibus coletivo, abrimos pontos de pregação em diversos locais da região e fundamos uma igreja. A Igreja Oficina Apostólica da Fé, foi um projeto desafiador, acreditando que todo ser humano mediante decisão pessoal e ação divina tem “conserto” e pode se tornar um agente transformador de vidas. Agora, nós já éramos três: eu, a Bia e a Bianca Rafaela, nossa filha.

Foi nesta época, que recebemos a visita do Pr. Paulo Camargo e pudemos conhecer melhor a FTSA. Além das constantes orientações dos meus cunhados, que já haviam estudado na instituição, participamos de um evento aberto, o que permitiu nos apaixonarmos pela faculdade. Então, em 2016, nos tornamos, juntos, estudantes do curso de Bacharelado em Teologia.

Infelizmente, durante essa caminhada, a Bia descobriu ser portadora de uma enfermidade degenerativa: a esclerose múltipla. Não foi fácil saber que minha esposa e companheira teria que enfrentar uma enfermidade que desencadeia várias doenças associadas. Mas, mesmo em tratamento contínuo e muitas limitações não desistimos de continuar a crescer, aprender e pregar o Evangelho de maneira itinerante. Hoje trabalho também como consultor de jovens que desejam começar uma carreira no futebol, o que me dá muitas oportunidades de aplicar os princípios dos Atletas de Cristo.

Em 2018, por causa dos surtos que ela sofreu devido a doença, tivemos que trancar a matrícula da faculdade. Por causa de lesões nos neurônios sua locomoção ficou fragilizada, e principalmente, sua visão comprometida. Chegamos a pensar em alguns momentos que não conseguiríamos ir adiante. Segundo os exames e diagnósticos, ela já teria o seu cérebro paralisado na região direita, no entanto, ela continua viva, lúcida e exibindo beleza. E os médicos admirados com issso. Prova de que mesmo nas tempestades, Deus se faz presente.

Com o apoio de familiares, amigos e professores da FTSA não desistimos. Algumas pessoas se juntaram para nos apoiar inclusive financeiramente, ajudando a pagar a parcela do curso. E assim, em 2019 voltamos a estudar e já estamos finalizando nossos trabalhos de conclusão de curso. A FTSA tem sido uma bênção na nossa vida, em todos os sentidos. Cremos que Deus é nossa força e que Ele abre portas para o cumprimento de Seu propósito nas nossas vidas, por isso prosseguimos motivados em concluir o curso e continuar a testemunhar o amor de Deus. Fica aqui nosso testemunho de fé, afinal é isso que vence o mundo e as aflições que nele há, a nossa fé.

Obrigado a todos que nos apoiaram. Obrigado FTSA.

Cacau e Bia