Um olhar direcionado às crianças, especialmente aquelas em situação de vulnerabilidade foi um dos destaques entre os temas abordados na Semana Pedagógica da FTSA, realizada na última semana com professores, tutores e colaboradores. O diretor acadêmico, Jorge Barro, reforçou o compromisso da instituição em prosseguir com uma visão mais prática da missão integral.

Segundo Barro, a Faculdade Teológica Sul Americana pretende estar mais envolvida nas esferas social e sustentável, promovendo ações que levem seus estudantes mais perto das comunidades. O professor apresentou o Núcleo de Inteligência Social (NIS) que vem sendo criado com base nos resultados de vários indicadores (IDHM, IVS, IBEU, IBGH) e falou também da Transformação Social Sustentável (TSS), um processo de intervenção de 12 a 16 anos em locais de miséria no chamado 371-5c, ou seja, nos 371 municípios mais miseráveis do Brasil.

Ainda como pauta dessa visão, o diretor anunciou a coalizão ChildFund-SEPAL-FTSA. O ChildFund é uma das mais antigas agências humanitárias de desenvolvimento infantil do mundo, por meio de apadrinhamento. Está no país desde 1966 e, em 2017, ganhou o selo entre as 100 melhores Ongs do Brasil. Assim como ChildFund, a Sepal - Servindo aos Pastores e Líderes - também está alinhada com a questão missionária e social, apoiando e treinamento pastores e líderes no Brasil e exterior. A Sepal é uma missão internacional, estabelecida no Brasil desde 1963 e faz parte da Aliança Global OC, uma mobilização missionária ao redor do mundo. Saiba mais sobre a coalizão>>

Um novo projeto que alinha a instituição com a questão sustentável também foi revelado. Os professores Julio Zabatiero e Jorge Barro e Welinton Silva, um dos diretores da Visão Mundial, estão organizando um livro sobre a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. “É a FTSA produzindo reflexão bíblica-teológica-missiológica, conectada com o mundo, a partir de uma agenda global para um mundo melhor, mais justo e mais humano”, disse Barro.

Em seguida, trouxe à tona uma relevante reflexão: Quais as tendências da igreja para um futuro próximo? Para onde a igreja está indo? Como delineador de uma possível resposta, o diretor apresentou um artigo de Thom Rainer que destaca 10 tendências críticas para a igreja em 2018. O autor revela um estado crítico das igrejas no contexto norte-americano atual e afirma que muitas comunidades já não são mais amigáveis às igrejas locais. Porém, ele destaca que há piedade, esperança e possibilidades para essas igrejas e apresenta as tendências que devem ser levadas em conta.

A Semana Pedagógica foi encerrada na sexta-feira, dia 25, com um almoço de confraternização entre todos os colaboradores da FTSA.