fbpx
 
 

A nova carteirinha estudantil anunciada pelo governo federal deve facilitar a vida dos estudantes que terão, na palma da mão, o documento de forma digital e com validade enquanto estiverem matriculados na instituição que estuda.

A ID Estudantil estará disponível nas lojas de aplicativos (Android e iOS) e poderá ser utilizada, por todos os estudantes da educação básica, profissional e superior, nos diversos estabelecimentos que oferecem descontos (como cinema, teatro, shows etc.).

Segundo o MEC, a medida vem para simplificar, reduzir possibilidades de fraudes e garantir que todos possam ter acesso ao documento sem custos.

Confira o processo em 5 passos:

1- EMISSÃO - A emissão está prevista para começar em 90 dias para o ensino superior;

2- CUSTO - O aluno(a) poderá baixar o aplicativo no celular e solicitar o documento SEM CUSTO;

3- CARTEIRA FÍSICA - O documento físico também gratuitamente estará disponível para os estudantes através das agências da Caixa Econômica Federal;

4- CADASTRO - Ao baixar deverá preencher o cadastro com os dados pessoais e a IES que estuda; por meio do CPF e os dados serão cruzados*. 

5- VALIDADE. A nova carteira estudantil física será válida até 31 de março do ano seguinte, enquanto a digital será válida enquanto o aluno permanecer matriculado na instituição.

*No caso da FTSA, a instituição fará a inserção dos dados de todos os estudantes dentro do prazo previsto, fornecendo assim as informações para que os dados sejam cruzados no aplicativo. 

Fonte: com informações do MEC