fbpx
 
 

É necessário fazer a pergunta: “Para que Deus enviou Jesus ao mundo?” Jesus tinha a clara consciência de que fora enviado pelo Pai – “assim como me enviaste ao mundo” (Jo 17:17). O propósito pelo qual Jesus foi enviado ao mundo é para que Ele,

Emanuel, cumprisse a missão de Deus. Jesus é a resposta do amor de Deus ao mundo – “porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito” (Jo 3:16). Jesus é o instrumento para reconciliar a humanidade e a natureza para com Deus. Natal, além de ser a celebração da presença do “Deus conosco”, é essencialmente a lembrança de que esse “menino que nasceu” é a revelação do próprio Deus que ama tanto a humanidade e natureza a ponto de querer ser “Deus conosco”. Um “Deus conosco” com uma missão.

Isso nos faz refletir sobre a essência do nascimento de Jesus (Natal). Jesus nasce para cumprir a missão de Deus no mundo e, assim, “todo vale será aterrado e todas as montanhas e colinas, niveladas. As estradas tortuosas serão endireitadas e os caminhos acidentados, aplanados. E toda a humanidade verá a salvação de Deus” (Lc 3:5-6).

“Toda a humanidade verá a salvação de Deus” por meio de Jesus que veio para cumprir esse propósito de Deus – salvar integralmente a humanidade. A salvação é de Deus; Jesus é o instrumento para que a salvação aconteça.

Reflita você também: não fomos chamados como instrumentos da salvação de Deus para o mundo? Renove neste Natal essa verdade e que através de sua vida você revele o “Deus conosco” para com todos. Deus é “Deus conosco”, mas lembre-se sempre que “o deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (2 Co 4:4). Revele o “Deus conosco” para os que estão cegos. Assim como brilharam as estrelas que apontava Jesus, brilhe também sua vida para que “vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus”.

Obs.: Caso queria utilizar essa reflexão no Boletim Informativo de sua igreja, fique a vontade!

Jorge Henrique Barro
Doutor em Teologia pelo Fuller Theological Seminary (EUA)
Professor e Diretor do Departamento de Desenvolvimento Institucional (DDI) da Faculdade Teológica Sul Americana
Avaliador do MEC para Teologia